Chora a Terra e eu

No canto, no chão, sentado,
observo da rua a Lua a meio.
Que momento tão apropriado
para somente ter um devaneio.

Perplexo fica o meio Luar
com o fluxo inteletual
que se está a passar
nesta massa cerebral.

Opiniões sobre o mundo,
sobre as pessoas e animais...
Opiniões que bem no fundo
nada a mais são que as demais.

Apenas procuro fazer o bem
e mostrar a todas as pessoas
que o podem fazer também
sem que sejam menos boas.

Batalhas travadas por paz
serão apenas mais guerra,
pela qual chora orfão, o rapaz,
e chora mais pobre a Terra.