Kiko Panini

Roçaste a minha perna mal entrei,
sem que sequer te tivesse visto.
Não foste o primeiro em que peguei,
mas isso foi somente um imprevisto.

Foste tímido e reservado de início,
mas desde sempre muito mimado.
Pareceu-me ser um bom indício
de que serias muito sossegado.

Agora já brincas muito e a valer,
com os reflexos dum predador.
Não queres aleijar ou causar dor,
mas já o fizeste sem querer.

Segues-me para todo o lado
e até me fazes rasteiras.
Sabes que és bem tatado,
desde que não faças asneiras.